GuarujáSão PauloTrilhas

Guarujá (SP): como chegar na Cachoeira do Camburizinho

Cheia de belíssimas praias, o Guarujá (SP) também é lugar de trilhas surpreendentes que levam até praias e lugares escondidos, como a Cachoeira do Camburizinho. Já ouviu falar nela?

Ainda pouco explorada, a trilha passa pela famosa Praia Branca, a não tão famosa Praia Preta, e ainda pode levar até a Praia do Camburizinho, uma das mais isoladas do Guarujá.

Quer saber como chegar até a cachoeira e ainda passar por essas três praias? Confira todos os detalhes neste post!

Trilha da Cachoeira do Camburizinho

A trilha da Cachoeira do Camburizinho tem 4 km e é divida em três trechos:

– Do início até a Praia Branca (2 km)
– Da Praia Branca até a Praia Preta (1 km – 400 metros na Praia Branca e 600 metros de trilha)
– Da Praia Preta até a Cachoeira do Camburizinho (1 km)

Início até a Praia Branca

Praia Branca
Praia Branca, o ponto de parada da grande maioria dos visitantes

A trilha da Praia Branca é o ponto de partida do nosso roteiro. Bastante conhecida, ela tem 2 km e leva entre 25 e 30 minutos para ser percorrida. O trajeto é feito por um caminho que alterna trechos de pedras e terra batida. Alguns pontos tem até escadas e corrimão. No geral, é uma trilha bem tranquila.

A grande maioria dos turistas para sua jornada por aqui. Por isso, os próximos pontos da trilha são mais isolados e recomendados para quem gosta de uma aventura.

Se você curte acampar, ao longo da trilha até a Praia Branca há vários campings. São locais simples, mas que estão acostumados a receber turistas.

Praia Branca até a Praia Preta

Praia Preta
Praia Preta

Depois que pisar na areia fofa da Praia Branca, você deve ir para direita até chegar no bar que fica no final da praia. É ali que começa a trilha em direção à Praia Preta. O trajeto é curto, mas não é tão simples. São cerca de 600 metros em um caminho de terra que, às vezes, fica bem enlameado. Como o clima da região é úmido, se muitas pessoas passarem por ali, o caminho vira um verdadeiro lamaçal.

Com ou sem lama, depois de 500 metros você vai encontrar uma bifurcação. Para ir à Praia Preta, é só descer para a esquerda. Já para seguir em direção à Cachoeira do Camburizinho, você deve continuar reto.

Quando fizemos a trilha, preferimos ir direto para a cachoeira. Passamos na praia só na volta para tomar um banho de mar e descansar.

Praia Preta até a Cachoeira do Camburizinho

Cachoeira do Camburizinho
Cachoeira do Camburizinho

Partindo da bifurcação que leva à Praia Preta, é mais 1 km de caminhada até a Cachoeira do Camburizinho. O trecho mais complicado fica logo depois da bifurcação, quando é preciso enfrentar uma subida íngreme de 100 metros.

Depois, o caminho fica plano e passa por dois fornos de carvão que deixou a gente intrigado. O que esses fornos estão fazendo em um local tão afastado? Não achamos a resposta, mas se você souber o motivo, deixe um comentário aqui no post.

Seguindo em frente, a trilha acaba em um rio. Neste ponto, é importante ficar atento. Para chegar no topo da cachoeira, você deverá seguir o curso do rio por poucos metros com a água na canela.

Trecho da trilha que passa pelo rio e chega na Cachoeira do Camburizinho

Para descer até o poço, é preciso pegar uma trilha em um dos lados da cachoeira. Escolhemos descer pelo lado esquerdo e não foi uma boa escolha. É um caminho estreito, andando colado no barranco, que precisa de bastante atenção para não escorregar. A trilha do lado direito pareceu mais segura.

Depois de descer até o poço, você finalmente chegará na Cachoeira do Camburizinho. Ela tem cerca de 6 metros e fica no meio da Mata Atlântica praticamente virgem. É um dos lugares mais isolados do Guarujá!

A Cachoeira do Camburizinho deságua na Praia do Camburi, também conhecida como Camburizinho, onde forma uma piscina natural de água doce. É outro lugar sensacional!

Existe uma trilha descendo pelas pedras que leva até a praia, mas achamos muito perigoso. O melhor caminho é voltando para a Praia Preta e pegando uma trilha pequena que liga uma praia na outra. Vale a visita!

Bônus – Ruínas da Ermida de Santo Antônio do Guaibê

Ermida de Santo Antônio do Guaibê
Foto: Prefeitura do Guarujá

Uma ótima atração no caminho de volta da Cachoeira do Camburizinho são as ruínas da Ermida de Santo Antônio do Guaibê. É um trajeto curto e pavimentado, que fica em um desvio da trilha para a Praia Branca. Basta seguir as placas que indicam “Trilha das Ruínas”.

A Ermida de Santo Antônio do Guaibê é um lugar histórico. Ela foi construída em meados de 1560, sendo uma das primeiras igrejas do Brasil. A história conta que o famoso padre jesuíta José de Anchieta rezava missas e catequizava índios na pequena capela.

Hoje, o que sobrou da igrejinha de pedra são as ruínas cobertas pela vegetação. Mesmo assim, algumas paredes sobreviveram ao tempo e continuam em pé, inclusive o arco que guarda o altar.

Curiosidade: Ermida é uma capela erguida em um lugar isolado, longe da cidade. Então esse nome faz todo o sentido, já que o local é afastado de qualquer povoado.

O que levar

A trilha até a Cachoeira do Camburizinho tem 8 km (ida e volta), mas há outros lugares que você pode visitar partindo da trilha principal. Como a Praia Branca é o único ponto onde há quiosques para comer e comprar água, recomendamos que você leve sua própria água e um lanche leve, frutas ou barrinhas de cereal.

Não é necessário ter um calçado específico. Nós fizemos a trilha com tênis de caminhada, mas vimos gente fazendo até de chinelo. Mas vale lembrar que você vai passar por um trecho enlameado e por outro com a água no tornozelo, então dê preferência para um calçado que seja fácil de limpar e possa ser encharcado.

Apesar de não ser essencial, o bastão de trilha pode ajudar bastante na travessia da parte enlameada e auxiliar na subida mais íngreme da trilha.

Como chegar

O início da trilha para a Cachoeira do Camburizinho fica bem ao lado da Balsa Bertioga-Guarujá. Para quem vem do Guarujá (SP), basta pegar a Rodovia Ariovaldo de Almeida Viana até o final. Já para quem vem de Bertioga (SP), é só atravessar de balsa em direção ao Guarujá.

Há dois estacionamentos em frente ao começo da trilha. Eles cobram R$ 20 (preço de 2020) pela diária.

One thought on “Guarujá (SP): como chegar na Cachoeira do Camburizinho

Deixe um comentário