São Bento do SapucaíSão PauloTrilhas

Como é a trilha da Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí

Trilha da Pedra do Baú

Localizada em São Bento do Sapucaí (SP), a Pedra do Baú é uma formação rochosa de 340 metros de altura que compõe o Monumento Natural Estadual (MoNa) da Pedra do Baú.

Ela é procurada por muitos amantes de escalada por sua trilha feita por via ferrata, uma espécie de escadinha de ferro, que é chumbada direto na rocha.

Pedra do Baú

São mais de 300 degraus e muita coragem para chegar até o topo, a 1.950 metros de altura. Mas já adianto que a vista é recompensadora e vale muito a aventura.

Pela complexidade da trilha, é necessário contratar um guia e usar equipamentos de segurança para subir a Pedra do Baú. Há várias agências especializadas na cidade que oferecem esse serviço.

Confira abaixo todos os detalhes sobre a trilha da Pedra do Baú.

Onde fica a Pedra do Baú

Restaurante Pedra do Baú
Restaurante Pedra do Baú

A Pedra do Baú fica a cerca de 10 km do centro de São Bento do Sapucaí, quase no limite com Campos do Jordão (SP), na Serra da Mantiqueira.

Existem três entradas oficiais para acessar a Pedra do Baú e é preciso ficar atento para ver qual a melhor opção para você.

  • Restaurante Pedra do Baú: fica a 9 km do centro de São Bento do Sapucaí e é o melhor acesso para fazer a trilha da Pedra do Baú. É cobrado R$ 20 pelo estacionamento nos dias em que o restaurante está funcionando, com acesso aos banheiros. Se consumir algo no local, a taxa é isenta.
  • Estacionamento Chico Bento: fica a 10 km do centro de São Bento do Sapucaí e é o melhor acesso para fazer a trilha da Ana Chata. Também é possível fazer a trilha da Pedra do Baú e do Bauzinho por lá, mas a distância é muito maior. O estacionamento custa R$ 20 e não tem banheiros.
  • Portaria do MoNa: fica a 23 km do centro de São Bento do Sapucaí e a mesma distância de Campos do Jordão. É a entrada oficial do parque e indicada para visitar o Bauzinho. É cobrada uma taxa de R$ 18 de preservação ambiental.

Como é subir a Pedra do Baú

Via ferrata Pedra do Baú

Para fazer a trilha até o cume da Pedra do Baú, o mais indicado é usar o acesso pelo Restaurante Pedra do Baú. Deste ponto, são 5 km de trilha (ida e volta), com quase 600 metros de elevação.

Saindo do restaurante são 1,8 km de caminhada por uma trilha bem íngreme e cansativa até a base da pedra. O caminho é bem demarcado e alterna pontos cobertos pelas árvores e pontos sem proteção do sol.

Depois dessa trilha íngreme, a verdadeira aventura começa. É hora de colocar os equipamentos de segurança (cadeirinha, capacete, corda e mosquetão) e encarar o paredão de 340 metros.

Vendo debaixo, o desafio parece impossível, pois mal dá para ver o caminho que vamos subir. Ao todo, são mais de 300 degraus e cerca de 1h de via ferrata até o topo. O caminho é todo exposto ao sol, sem qualquer sombra.

Vista Serra da Mantiqueira

Apesar de parecer difícil, é como subir uma escada com degraus mais espaçados. Depois de poucos minutos, você se acostuma e já fica com mais segurança para encarar a aventura.

A parte mais temida é a Parada dos Medrosos, trecho mais exposto do percurso em que subimos mais de 100 metros sem nenhum ponto de descanso.

Parada dos Medrosos - Pedra do Baú
Parada dos Medrosos

Depois de passar por esse desafio, logo alcançamos o topo, a 1.950 metros de altitude. A vista é simplesmente incrível! Conseguimos ver diversas cidades e picos da Serra da Mantiqueira. Sem contar a satisfação que dá superar esse paredão que intimida muitos trilheiros.

Trilhas do complexo da Pedra do Baú

Trilha da Pedra do Baú

Além da subida ao topo da Pedra do Baú, existem outras duas trilhas no complexo, com diferentes níveis de dificuldade.

A trilha da Ana Chata tem cerca de 5 km (ida e volta) e dificuldade média. O caminho tem muitas subidas e trechos técnicos. Também é recomendável usar equipamentos de segurança e ir com guia.

Já a trilha do Bauzinho é bem tranquila. São apenas 2,5 km (ida e volta) de caminhada, sem muito desnível. Não é necessário guia e nem agendamento. A trilha do Bauzinho é conhecida pelas fotos de frente para a Pedra do Baú, que compõe um cenário lindo em meio à natureza.

O que levar para a trilha

O que levar para a trilha

Para fazer a trilha até o cume da Pedra do Baú, é essencial estar bem preparado. Além dos equipamentos de segurança obrigatórios que a agencia contratada vai fornecer, é bom ir com uma roupa leve e confortável.

Leve pelo menos 1 litro de água por pessoa, pois tanto a parte da trilha quanto a parte da via ferrata são bem desgastantes.

É recomendável usar bota de trilha, principalmente para dar mais segurança em todo o percurso, e também protetor solar e boné, pois toda a subida é com sol na cabeça.

Paisagem Serra da Mantiqueira

Não é necessário ir de calça, mas se o dia não estiver muito quente, é uma boa opção para não raspar os joelhos nas pedras. Vale citar que fizemos a trilha com mais de 30ºC e eu fui de bermuda e não tive problemas com isso.

Para os dias mais quentes, uma dica legal é levar luva para não queimar as mãos nas partes mais quentes dos ferros e das pedras.

O bastão de trilha é outro item bastante útil, principalmente na volta, quando você estará cansado e precisará descer a trilha íngreme.

Além disso, barrinhas de cereal e comidas leves são sempre bem-vindas para recompor as energias em qualquer tipo de trilha.

Deixe um comentário