Argentina

Como é o tour nos estádios do Boca Juniors e River Plate

Estádios do River Plate e Boca Juniors

Visitar estádios de futebol é uma atração que está em quase todos os roteiros de Buenos Aires. Muito mais do que um passeio para quem gosta de futebol, o tour nos estádios é uma forma de aprender sobre a cultura argentina.

Sem dúvida, o estádio mais visitado é o La Bombonera, casa do Boca Juniors. Ele está no bairro La Boca e fica próximo do Caminito, um dos principais pontos turísticos da cidade, o que facilita a visita.

Já o estádio do River Plate, o Monumental de Núñez, fica em uma região nobre da cidade e é menos visitado por estar afastado dos pontos turísticos.

Nós fizemos o tour nos dois estádios e contamos como são as visitas. Para mais informações de Buenos Aires, acesse nossa página com mais posts sobre a cidade.

La Bombonera (Boca Juniors)

Estádio La Bombonera

O tour pelo Estádio Alberto José Armando, mais conhecido como La Bombonera, é um passeio imperdível de Buenos Aires. Além de ser barato, ele pode ser combinado com o Caminito, famoso ponto turístico da cidade.

A visita é bem completa e passa por muitos pontos do estádio. Logo de cara, você é levado ao histórico gramado onde já pisaram os melhores jogadores do mundo, como Pelé e Maradona. Porém, não é permitido entrar no campo. Os turistas ficam em um cercadinho próximo da bandeirinha de escanteio, mas ainda assim é possível tocar no gramado e sentir um pouco da mística do La Bombonera.

Depois, o tour passa pelo setor das cadeiras vip, onde a guia faz uma pausa e explica um pouco da história do clube. Neste ponto, você conhece também as íngremes escadas do La Bombonera. Muitas pessoas falam que dá até vertigem. Eu não senti nada, mas é importante tomar cuidado para não dar um passo em falso e sair rolando escada abaixo.

Arquibancada do La Bombonera

Em seguida, fomos ao setor onde fica a torcida organizada La Doce (A 12, traduzido para o português) e seu famoso alambrado. Dá até vontade escalar igual os torcedores argentinos, mas tem vários avisos falando que é proibido subir hahaha. Depois, ainda conhecemos o vestiário da equipe visitante e as estátuas dos ídolos do Boca.

O tour começa e termina no Museo de la Pasión Boquense, onde você fica livre para conhecer mais da história do clube. O museu é pequeno e um pouco confuso. Ele tem uma área com vários objetos, fotos, camisas, taças e até a pedra fundamental do estádio, tudo misturado no mesmo espaço. É claro que a grande atração é conhecer o estádio, mas achamos que um time como o Boca merece um museu mais organizado.

Camisa do Pelé no Museu do Boca Juniors
Camisa do Santos assinada pelo Pelé no Museo de la Pasión Boquense

Tirando esse detalhe, é uma visita muito interessante. O La Bombonera é o estádio mais icônico da Argentina e tour passa por vários pontos do campo, fazendo o visitante entender a ligação do estádio com o bairro e sua importância para os torcedores.

A entrada para tour no La Bombonera e a visita ao museu custa 1.100 pesos argentinos (atualizado em 2022). Você pode comprar seu ingresso antecipadamente no site do Museo de la Pasión Boquense (em espanhol).

Monumental de Núñez (River Plate)

Estádio Monumental de Núñez

Com capacidade para 70.000 pessoas, o apelido do Estádio Antonio Vespucio Liberti não é por acaso. Casa do River Plate, o Monumental de Núñez é o maior estádio do país. Foi aqui que a Argentina levantou sua primeira taça de Copa do Mundo, em 1978.

O tour pelo estádio não é tão legal quanto do Boca, mas o museu é coisa de outro mundo. O passeio começa no anel intermediário, onde um fotógrafo já está posicionado para tirar aquela foto bonita que custa os olhos da cara. Neste mesmo ponto, a guia conta a história do clube enquanto ficamos sentados na arquibancada.

Depois, descemos as escadas para visitar o vestiário da equipe visitante e já vamos direto para o campo. Assim como no La Bombonera, não é permitido pisar no gramado, mas pelo você não fica preso em um cercadinho. Ficamos “livres” para andar em um pedacinho da pista de atletismo que circunda o campo.

E é só isso… A visita é bem curtinha, mas suficiente para se impressionar com a imponência do Monumental de Núñez.  

Camisas no Museu do River Plate

Já o museu do River Plate, faz jus ao tamanho do estádio. Ele é muito bem organizado e faz o visitante imergir na história do clube.

O circuito começa em uma rampa que mostra as conquistas do time, desde sua fundação, em 1901, até hoje. A cada década, você pode entrar em uma salinha que conta os fatos históricos do período, com vídeos, fotos e objetos de época.

Taça da Libertadores - Museu do River Plate
Taça da Libertadores de 2018 pode ser tocada pelos visitantes

Ao final da rampa, você já dá de cara com a belíssima sala de troféus, onde as taças da Libertadores estão em destaque. E o que já estava legal, ficou ainda melhor! Em um espaço ao lado, fomos surpreendidos com a possibilidade de TOCAR na taça da Libertadores conquistada pelo River Plate em 2018. Sem dúvida, é uma das partes mais legais do passeio.

Escudos River Plate

Depois, o visitante ainda passa por um ambiente que homenageia ídolos do clube, outro que mostra camisas históricas e por uma parede lindíssima com a evolução do escudo do River Plate ao longo dos anos. É realmente uma imersão na história do time!

A entrada para o tour no Monumental de Núñez e a visita ao museu custa 1.000 pesos argentinos. Atualizado em 2022.

Outros estádios

Além de Boca Juniors e River Plate, Buenos Aires ainda tem mais três times grandes: Vélez Sarsfield, San Lorenzo e Argentinos Juniors. Os estádios também podem ser visitados, mas eles ficam fora da zona turística e são bem menos badalados.

Estádios do Independiente e Racing, em Avellaneda
Estádios do Independiente e Racing separados por uma rua

Já na cidade de vizinha de Avellaneda, estão mais dois times gigantes da Argentina: Independiente e Racing. Para a alegria dos amantes de futebol, os estádios dos dois times estão separados por apenas uma rua. Ou seja, você pode visitar os dois em uma tacada só.

Apesar de estarem em outra cidade, eles ficam pertinho de Buenos Aires. Os estádios Libertadores da América, do Independiente, e Presidente Perón, do Racing, estão a apenas 5 km do La Bombonera. É um circuito futebolístico fantástico!

2 thoughts on “Como é o tour nos estádios do Boca Juniors e River Plate

Deixe um comentário