São PauloSão Paulo

7 mirantes para conhecer em São Paulo (SP)

Já pensou em conhecer São Paulo (SP) do alto? A cidade está cheia de arranha-céus e mirantes que proporcionam vistas espetaculares e trazem outra perspectiva de São Paulo.

Muitos desses mirantes estão em prédios históricos e pontos turísticos, que contam um pouco da história da cidade.

Se você é apaixonado(a) por uma bela paisagem, confira essa lista de 7 mirantes para conhecer em São Paulo.

Farol Santander

Farol Santanter

Inspirado no Empire State, o Farol Santander é um dos símbolos de São Paulo. Ele tem 161 metros e foi por 13 anos (1947-1960) o prédio mais alto do Brasil. O edifício foi construído para abrigar a sede do Banespa (Banco do Estado de São Paulo), que foi comprado pelo Santander em 2000. Hoje, é possível visitar o farol e apreciar uma vista panorâmica da cidade.

O ingresso do Farol Santander também dá acesso ao museu do banco, a uma exposição permanente do artista Vik Muniz e a outro andar com exposições temporárias.

Endereço: Rua João Brícola, 24, Centro – São Paulo (SP)
Funcionamento: Terça-feira a domingo, das 9h às 20h
Entrada: R$ 30 (preço de 2022)

Edifício Martinelli

Mirante do Edifício Martinelli

Primeiro arranha-céu de São Paulo, o Edifício Martinelli foi inaugurado em 1929 e tem 106 metros de altura. O prédio chama atenção por sua imponente fachada inspirada nas construções de Paris.

A visitação do terraço é gratuita e muito bonita. Além de apreciar a arquitetura do edifício, é possível ver de pertinho o Farol Santander, que fica no quarteirão do lado, e toda a grandeza da cidade de São Paulo.

Endereço: Avenida São João, 35, Centro – São Paulo (SP)
Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h
Entrada: Gratuita

Copan

Copan - São Paulo

Um dos prédios mais icônicos de São Paulo (SP), o Copan é mais um mirante localizado no Centro Histórico. Projetado por Oscar Niemeyer, ele é famoso por suas curvas na fachada.

O edifício foi inaugurado em 1966 e é considerado a maior obra de concreto armado do Brasil, com 115 metros de altura, 32 andares e 120 mil metros quadrados de área construída.

A visita ao terraço do Copan acontece em dias de semana, em dois horários, às 10h30 e às 15h30. A entrada para o mirante fica no bloco F e é gratuita.

Também é possível se hospedar no Copan e vivenciar uma experiência como morador desse prédio histórico. Nós tivemos a oportunidade de passar uma noite no 32º e último andar do edifício e contamos tudo sobre essa experiência aqui neste post.

Endereço: Avenida Ipiranga, 200, Centro – São Paulo (SP)
Funcionamento: Segunda a sexta-feira, em dois horários, às 10h30 ou às 15h30 (chegar com 15 minutos de antecedência)
Entrada: Gratuita

Sampa Sky

Mirante do Sampa Sky
Foto: Instagram Sampa Sky

Localizado no 42º andar do Mirante do Vale, prédio mais alto de São Paulo até 2021, o Sampa Sky proporciona uma experiência diferente aos visitantes.

Inaugurado em 2021, o local ficou famoso por seus dois decks de vidro, que fazem você flutuar por São Paulo. As varandas de vidro têm vista para diferentes pontos da cidade e rendem várias fotos.

Além dos decks, o Sampa Sky também tem um café e um espaço instagramável. O preço do ingresso é salgado: R$ 60 (valor de 2021).

Endereço: Praça Pedro Lessa, 110, Centro – São Paulo (SP)
Funcionamento: Terça a sexta-feira, das 11h às 19h
Sábado, das 9h às 19h
Domingo, das 9h às 16h
Entrada:
Terça a sexta-feira: R$ 80
Fim de semana: R$ 100
(valores de 2022)

Sesc Paulista

Mirante do Sesc Paulista

Localizado na avenida mais famosa de São Paulo (SP), o Sesc Paulista é o mirante mais baixo da nossa lista, com apenas 62 metros.

Ele fica no 17º andar do Sesc e tem uma passarela com vista privilegiada da Avenida Paulista. É possível ver diversos bairros da capital e apreciar a movimentação da avenida do alto. É uma vista espetacular, principalmente para quem ama São Paulo.

O espaço também conta com um café. A entrada é gratuita, mas deve ser agendada.

Endereço: Avenida Paulista, 119, Bela Vista – São Paulo (SP)
Funcionamento: Terça-feira a sábado, das 10h às 21h
Domingo, das 9h às 18h30
Entrada: Gratuita

Pedra Grande (Parque Estadual da Cantareira)

Pedra Grande - Parque Estadual da Cantareira

A Pedra Grande é uma opção de passeio diferente para observar São Paulo. Ela fica no Parque Estadual da Cantareira, na Zona Norte, e tem uma vista espetacular da cidade.

Para chegar no topo é preciso fazer uma trilha simples de 3,3 km. O caminho é pavimentado e leva cerca de 40 minutos. Do alto dos 1.010 metros da Pedra Grande, é possível ver a selva de pedra de São Paulo em contraste com as árvores do Parque Estadual da Cantareira, uma das maiores florestas urbanas do mundo.

Além da trilha da Pedra Grande, há outras três trilhas de nível fácil no parque. Confira mais detalhes neste post que fizemos sobre o Parque Estadual da Cantareira – Núcleo Pedra Grande.

Endereço: Rua do Horto, 1799, Horto Florestal – São Paulo (SP)
Funcionamento: Sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h. Para fazer a trilha da Pedra Grande a entrada é até às 15h
Ingresso: R$ 30 (Atualizado em 2022)
Estudantes, idosos, PCDs e professores pagam meia

Pico do Jaraguá

Pico do Jaraguá
Foto: chensiyuan/Wikipedia

O Pico do Jaraguá é o ponto mais alto da cidade de São Paulo, com 1.135 metros. Ele tem uma vista privilegiada da cidade e das rodovias Bandeirantes e Anhanguera.

Uma das formas de subir o Pico do Jaraguá é pela Trilha do Pai Zé, um caminho de 3,6 km em meio à mata do Parque Estadual do Jaraguá. Para quem não gosta de trilha, é possível subir de carro até o estacionamento que fica na base do mirante. A estrada abre para veículos às 12h. Mas para chegar ao topo, ainda será necessário encarar os 242 degraus da escadaria do mirante.

Endereço:
Para fazer a trilha: Rua Antonio Cardoso Nogueira, 539 (Km 18 da Via Anhanguera), Vila Chica Luisa – São Paulo (SP)
Para subir de carro: Estrada Pico do Jaraguá, s/n, Parque Estadual do Jaraguá – São Paulo (SP)
Funcionamento: Terça-feira a domingo, das 8h às 16h
Entrada: Gratuita

Deixe um comentário